2007-07-17

Não foi acidente. Foi crime

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

5 comentários:

  1. Luiz Carlos17/7/07 23:10

    É inaceitável rolar tanta merda quanto rola e não se fazer nada a respeito. O que é necessário acontecer par que se tomem providências reais? Porra isso foi homicídio culposo em massa.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente...
    Mas os criminosos estão aí assistindo a tudo. Governo, legislativo, companhias aéreas, imprensa... quem será o culpado? Coloco todos no mesmo pacote, coloco até os passageiros, no fundo todos somos culpados. Só resta nesse momento prestar soliedariedade aos familiares das vítimas e sinceramente torcer para que surja sensatez para tomar uma decisão quanto a Congonhas.

    ResponderExcluir
  3. doicheman18/7/07 10:03

    Vão fazer com que a culpa seja do piloto, que já está morto.
    Ou seja: não vai dar em nada

    ResponderExcluir
  4. Não sei porquê os profissionais de aviação têm o trabalho de inventar dispositivos de gravação de dados como a caixa preta, por exemplo, se bastava eles entrarem na internet e procurarem um blog de dentistas, ou qualquer outra profissão não-relacionada com a área e aí nesses lugares acharem a verdadeira causa do acidente, minutos depois de acontecer.

    Espero que seja provado que tudo aconteceu porque o piloto teve um ataque cardíaco e não conseguiu manobrar o avião corretamente. Aí quero ver a cara dos "comentaristas" que já culparam previamente A, B e C pela tragédia.

    Pena que nessa hora eles partirão para palpitar em outros assuntos, e jamais veremos alguém se desculpar aqui, se este for realmente o caso.

    ResponderExcluir
  5. Luiz Carlos19/7/07 01:21

    E se não for o caso, como é que fica?

    Pra mim este comentário do Josias na UOL resume tudo e escreve bem melhor do que qualquer coisa que eu escreveria sobre este assunto:

    http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/arch2007-07-15_2007-07-21.html#2007_07-18_05_24_20-10045644-0

    Porra, Congonhas é uma merda desde que eu tenho 4 anos. A pior coisa de um acidente idiota é explicar pq aconteceu. Vc tem que tentar prevenir absolutamente todo tipo de merda para que a fatalidade, qdo ocorrer pq vai ocorrer, seja realmente uma fatalidade e não uma ópera cantada por meio mundo. Ou vai dizer que aqui as coisas não rolam no improviso? Vamos tirar o melhor do que temos. Com a pressão estatística (crescimento) o número de merdas aumenta. Só que quando estas merdas envolvem a vida humana, nenhuma perda é tolerada, quanto mais 400 vidas em menos de um ano por CAGADA. CAGADA. Morreram por CAGADA. Oops! Matei 400! Foi mal. CAGADA. CAGADA. CAGADA. CAGADA irresponsável. É que nem atropelar alguém ao passar o farol. Puxa, não quis matar o cara. Foda-se. É homicídio e alguém tem que pagar caro.

    O nível de aceitação da impunidade aqui é tão grande que já se aceita o sofrimento como punição suficiente. Não é suficiente. Isso precisa mudar.

    Foda é que é tanta coisa que talvez nem adiante berrar mais pq o sentimento geral é de resignação. O defeito no texto do Josias é dizer no final: Até quando? Quando na verdade deveria dizer: Vamos derrubar estes porras!

    AGORA PORRA!!!!

    ResponderExcluir