2001-11-26

Enganar é legal

Finalmente, um site dedicado a inventar explicações erradas para todas as coisas.
Além de ser uma grande piada, é um bom experimento fenomenológico sobre a propensão das pessoas em acreditar em absurdos e também um estudo do limiar do que caracteriza um absurdo.
É a mesma idéia, que eu tive de gozação, de criar e propagar "Mentiras Culturais", só que na forma de um esforço amplo e cooperativo. Colabore!

2009 - O site saiu do ar e o domínio está à venda.
Quem quer seu meu sócio para comprar?

2001-11-17

As roseiras de hoje não são como as de antes

As roseiras de hoje são delicadas e suaves, mas as suas ancestrais eram bem mais impositivas. Em tempos imemoriais do passado, as rosas eram tão maiores e mais perfumadas que as atuais que as pessoas evitavam andar nas proximidades delas para não ficarem impregnadas. O perfume pingava das pétalas como néctar. Diz-se ainda que as rosas mais antigas de que se tem notícia eram tão grandes que cresciam pousadas no chão, como as melancias. Nem vou mencionar os espinhos.

(Mentira Cultural #123a)

2001-11-09

Eu sou velho

Você sabe que ficou velho quando uma quantidade significativa de objetos da vida diária mudou de nome. Na minha época, uma porção de coisas tinha nomes mais simples. Creme vegetal era margarina, sérias restrições orçamentárias eram dureza, desenvolvedor de software era programador, reajuste era aumento, irregularidade no orçamento era corrupção, segmento qualificado era gente remediada, pães e doces era padaria.